100 Anos de Vinicius de Moraes – “A Vida, amigo, é a Arte do Encontro”

 

Vinicius de Moraes escreveu canções que ficaram famosas no mundo todo e se tornaram retratos fiéis do Brasil. O poeta-cantor soube ser simples e essencial em “Água de Beber” e “A Felicidade” e também lírico na música “Eu sei que vou te amar”. Ele descreveu como ninguém o jeito de ser e as cidades tropicais brasileiras com “Garota de Ipanema” e “Tarde em Itapoã. O “pai” da Bossa Nova mudou a forma de se fazer música. Junto a Tom Jobim escreveu “Chega de Saudade”- a canção que mudaria definitivamente a maneira de se compor na MPB. Neste concerto Rosa Emilia narra a vida, os amores e o trabalho de Vinicius de Moraes através de suas canções,  acompanhadas dos músicos Silvio D’Amico no violão e Roberto Rossi na percussão.

#RosaEmiliaDias e #SilvioD'Amico by #MarcoSartori